MINORITENKIRCHE: PRIMEIRA MISSA PONTIFICAL TRADICIONAL EM DÉCADAS

No dia 1 de outubro, D. Bernard Fellay celebrou a primeira Missa Pontifical na forma tradicional, em décadas, na Igreja Minoritenkirche (Minorita) de Viena. 

D. Fellay, que por muitos anos foi Superior Geral da Fraternidade São Pio X encontrou-se, em Viena, com muitos padres, seminaristas e irmãos do Seminário Internacional do Sagrado Coração de Zaitzkofen (Alemanha). 

Nesta ocasião, Dom Fellay celebrou uma Missa Pontifícal na liturgia tradicional na Igreja Minoritenkirche. A Missa Pontifical é a forma mais solene de Santa Missa. Pelo menos cinco padres e um grande número de acólitos servem ao lado do Bispo. A cerimônia, bem como o acompanhamento musical, foi garantido pelo Seminário de Zaitzkofen. Cerca de 50 convidados viajaram de lá para as cerimônias. O Pe. Schreiber, diretor do Seminário, havia pregado sobre a Vocação na noite anterior.

A Minoritenkirche tornou-se propriedade da Fraternidade Sacerdotal São Pio X em 2021 (veja as matérias aqui e aqui), e desde meados de 2022 presta assistência pastoral à igreja.

ORDENAÇÕES SACERDOTAIS E DIACONAIS NO SEMINÁRIO SANTO TOMÁS DE AQUINO (EUA) – 2022

D. Tissier eleva ao Sacerdócio 6 seminaristas: 

  • Jeffrey Tuttle – americano
  • Luke Washicko – americano
  • Joseph Skees – americano
  • Stephen Sheahan – americano
  • Cormack McCall – americano
  • Jorge Cruz-Alcántar – mexicano

E ao diaconato, 2 seminaristas:

  • Joseph Budds – irlandês
  • Gregory Pfeiffer – americano

Clique aqui e acompanhe a cerimônia em inglês e latim

****************************

A FSSPX conta atualmente com (alguns números aproximados):

  • 3 Bispos
  • 693 sacerdotes
  • 137 Irmãos
  • 200 Irmãs em 28 casas [“Relacionadas” à FSSPX: 183 professas e 14 noviças]. As freiras ajudam em 15 escolas e administram outras 4. Estão presentes também em muitos priorados e em duas residências para idosos em Brémien Notre-Dame, na França, e na Maison Saint-Joseph, na Alemanha.
  • 19 Irmãs Missionárias do Quênia
  • 80 Oblatas
  • 250 Seminaristas e 80 pré-seminaristas

Está presente em 37 países e visita regularmente outros 35.

Mantém:

  • 1 Casa Geral
  • 14 Distritos e 5 Casas Autônomas
  • 4 Conventos Carmelitas
  • 6 Seminários
  • 167 priorados
  • 772 centros de missa
  • Mais de 100 escolas (do Ensino Básico ao Médio),
  • 2 universidades
  • 7 casas de repouso para idosos
  • Numerosas Ordens Latinas e Orientais tradicionais amigas em todo o mundo

**************************

Nota do blog: Colocamos abaixo alguns links sobre a vocação sacerdotal:

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

ENTREVISTA COM D. FELLAY – 11 DE JANEIRO DE 2022 (EM ESPANHOL)

Nesta interessante entrevista, D. Bernard Fellay, que ocupou o cargo de Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X por 24 anos, responde às perguntas feitas pelo Sr. Luis Román, sobre diversos temas: as sagrações de 1988, o “cisma”, o estado de necessidade, o valor das leis eclesiásticas em tempos de crise, a bula de São Pio V sobre a Missa, a Missa Nova, Summorum Pontificum de Bento XVI, Traditionis Custódios do Papa Francisco, etc.

ORDENAÇÕES SACERDOTAIS NO SEMINÁRIO SANTO TOMÁS DE AQUINO (EUA) – 2022

Na quinta feira passada, 06/01, na Festa da Epifania de Nosso Senhor, D. Bernard Fellay elevou ao sacerdócio 3 seminaristas, no Seminário Santo Tomás de Aquino, em Dillwyn – Winona (Estados Unidos):

  • Phillip Mujic – australiano 
  • Mikhail Del Rosario- neozelandês
  • James Hewko – americano

Em 2021, no Seminário nos EUA, 25 seminaristas ingressaram no ano de Espiritualidade, enquanto 36 jovens chegaram ao Pré-Seminário, de um total de 118 em todos os Seminários da FSSPX, apenas em 2021.

*****************

A FSSPX conta atualmente com (números aproximados):

  • 3 Bispos
  • 693 sacerdotes
  • 137 Irmãos
  • 200 Irmãs em 28 casas [“Relacionadas” à FSSPX: 183 professas e 14 noviças]. As freiras ajudam em 15 escolas e administram outras 4. Estão presentes também em muitos priorados e em duas residências para idosos em Brémien Notre-Dame, na França, e na Maison Saint-Joseph, na Alemanha.
  • 19 Irmãs Missionárias do Quênia
  • 80 Oblatas
  • 250 Seminaristas e 80 pré-seminaristas

Está presente em 37 países e visita regularmente outros 35.

Mantém:

  • 1 Casa Geral
  • 14 Distritos e 5 Casas Autônomas
  • 4 Conventos Carmelitas
  • 6 Seminários
  • 167 priorados
  • 772 centros de missa
  • Mais de 100 escolas (do Ensino Básico ao Médio),
  • 2 universidades
  • 7 casas de repouso para idosos
  • Numerosas Ordens Latinas e Orientais tradicionais amigas em todo o mundo

**************************

Nota do blog: Colocamos abaixo alguns links sobre a vocação sacerdotal:

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

TONSURA, ORDENS MENORES E SUBDIACONATO EM LA REJA (2021)

31_tonsura_ordenes_menores_y_subdiaconado

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Em 9 de outubro de 2021, D. Bernard Fellay celebrou a Missa Pontifícal durante a qual conferiu a Tonsura, bem como as ordenações às Ordens Menores e ao Subdiaconato.

Neste belo dia 9 de outubro, o Seminário Nuestra Señora Corredentora de La Reja recebeu uma rica cerimônia: 13 seminaristas de quatro anos diferentes receberam ordens de S.E.R. D. Bernard Fellay.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Tonsura foi conferida a 4 seminaristas do 2º ano: 3 argentinos e 1 nicaraguense.

As primeiras Ordens Menores – Porteiro e Leitor – foram conferidas a 4 seminaristas do 3º ano: 1 argentino, 2 mexicanos e 1 paraguaio.

As segundas Ordens Menores – Exorcista e Acolito – foram conferidas a 3 seminaristas do 4º ano: 2 argentinos e 1 brasileiro.

Por fim, o Subdiaconato foi conferido a 2 seminaristas de 5º ano: 1 argentino e 1 mexicano.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em sua homilia, o Bispo falou da importância e da antiguidade das Ordens Menores, documentadas desde o ano 250, e que podem, portanto, ser consideradas como de origem apostólica, embora tenham sido eliminadas na prática da Igreja moderna!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Que Deus assegure a perseverança de todos esses jovens levitas e conceda muitas vocações para sua messe.

*********************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

*****************

A FSSPX conta atualmente com:

  • 3 Bispos
  • 684 sacerdotes
  • 137 Irmãos
  • 200 Irmãs em 28 casas [“Relacionadas” à FSSPX: 183 professas e 14 noviças]. As freiras ajudam em 15 escolas e administram outras 4. Estão presentes também em muitos priorados e em duas residências para idosos em Brémien Notre-Dame, na França, e na Maison Saint-Joseph, na Alemanha.
  • 19 Irmãs Missionárias do Quênia
  • 80 Oblatas
  • 217 Seminaristas e 56 pré-seminaristas

Está presente em 37 países e visita regularmente outros 35.

Mantém:

  • 1 Casa Geral
  • 14 Distritos e 5 Casas Autônomas
  • 4 Conventos Carmelitas
  • 6 Seminários
  • 167 priorados
  • 772 centros de missa
  • Mais de 100 escolas (do Ensino Básico ao Médio),
  • 2 universidades
  • 7 casas de repouso para idosos
  • Numerosas Ordens Latinas e Orientais tradicionais amigas em todo o mundo

**************************

Nota do blog 1: Colocamos abaixo alguns links sobre a vocação sacerdotal:

Nota do blog 2: Mais números sobre a FSSPX podem ser vistos clicando aqui.

Nota do blog 3: Mais sobre as Ordens sagradas (maiores e menores) podem ser visto clicando aqui.

Nota do blog 4: Mais sobre os Seminários da FSSPX podem ser vistos clicando aqui.

AVISO SOBRE A TRANSMISSÃO DA MISSA DO PRÓXIMO DOMINGO (05/09)

Missa publExcepcionalmente, neste Domingo (05/09/2021), não haverá transmissão da Missa das 9h, direto do Priorado Padre Anchieta, em São Paulo.

Entretanto, até o fim do mesmo dia (05/09/2021) será disponibilizado a gravação da Missa Pontifical que será celebrada por Sua Excelência D. Bernard Fellay, em Sumaré.

D. Fellay está no Brasil, entre outras coisas, para a administração do Sacramento da Crisma em diversos Priorados e Missões da FSSPX.

FRATERNIDADE SÃO PIO X (FSSPX): ORDENAÇÕES DO ANO LETIVO 2020-2021

Neste ano acadêmico 2020-2021, 16 sacerdotes foram ordenados para a Fraternidade São Pio X.

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

No hemisfério norte

D. Bernard Fellay ordenou 3 sacerdotes (2 americanos e 1 irlandês), na festa do Sagrado Coração de 11 de junho, no Seminário de Dillwyn (Estados Unidos), além de 6 diáconos. (veja aqui)

D. Bernard Tissier de Mallerais ordenou 5 sacerdotes (1 tcheco, 2 alemães, 1 austríaco e 1 lituano), bem como 2 diáconos, no dia 26 de junho no Seminário do Sagrado Coração de Zaitzkofen (Alemanha). (veja aqui)

D. Fellay ordenou também outros 2 sacerdotes (1 francês e 1 suíço) no Seminário de Ecône (Suíça), no dia 1º de julho (e não no dia 29 de junho, devido às restrições impostas pela pandemia), além de 8 diáconos. (veja aqui)

No hemisfério sul

D. Fellay ordenou 3 sacerdotes (1 argentino, 1 brasileiro e 1 guatemalteco) no Seminário de La Reja (Argentina), em 21 de novembro de 2020. E 2 seminaristas receberam o diaconato. (veja aqui)

D. Alfonso de Galarreta ordenou 3 sacerdotes (2 filipinos e 1 queniano) do seminário de Goulburn (Austrália), em 5 de dezembro de 2020, em Bredell, na África do Sul (devido à pandemia). É a segunda vez que se realizam ordenações sacerdotais na África do Sul, depois da ordenação de sacerdotes de origem sul-africana em 1989. (veja aqui)

Devemos lamentar a morte de um dos dois sacerdotes filipinos, ordenado este ano, o Pe. Daniel Yagan, chamado à Deus no dia 7 de junho, seis meses após sua ordenação. (veja aqui)

Em 1º de julho de 2021, a Fraternidade Sacerdotal fundada por Mons. Marcel Lefebvre (1905-1991) contava com 3 bispos e 684 sacerdotes.

*****************

A FSSPX conta atualmente com:

  • 3 Bispos
  • 684 sacerdotes
  • 137 Irmãos
  • 200 Irmãs em 28 casas [“Relacionadas” à FSSPX: 183 professas e 14 noviças]. As freiras ajudam em 15 escolas e administram outras 4. Estão presentes também em muitos priorados e em duas residências para idosos em Brémien Notre-Dame, na França, e na Maison Saint-Joseph, na Alemanha.
  • 19 Irmãs Missionárias do Quênia
  • 80 Oblatas
  • 217 Seminaristas e 56 pré-seminaristas

Está presente em 37 países e visita regularmente outros 35.

Mantém:

  • 1 Casa Geral
  • 14 Distritos e 5 Casas Autônomas
  • 4 Conventos Carmelitas
  • 6 Seminários
  • 167 priorados
  • 772 centros de missa
  • Mais de 100 escolas (do Ensino Básico ao Médio),
  • 2 universidades
  • 7 casas de repouso para idosos
  • Numerosas Ordens Latinas e Orientais tradicionais amigas em todo o mundo

**************************

Nota do blog: Colocamos abaixo alguns links sobre a vocação sacerdotal:

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

AO VIVO: ORDENAÇÕES SACERDOTAIS E DIACONAIS NO SEMINÁRIO SANTO TOMAS DE AQUINO, NOS EUA

Ordenações sacerdotais e diaconais, por Sua Excelência D. Bernard Fellay

Para acompanhar a cerimônia com um livreto em latim e inglês, clique aqui

Estão sendo ordenados 6 novos diáconos (1 mexicano e 5 americanos) e 3 padres (1 irlandês e 2 americanos).

**************************

Nota do blog 1: Colocamos abaixo alguns links sobre a vocação sacerdotal:

Nota do blog 2: Mais números sobre a FSSPX podem ser vistos clicando aqui.

Nota do blog 3: Perguntas e respostas sobre a FSSPX podem ser vistas clicando aqui.

Nota do blog 4: Mais sobre os Seminários da FSSPX podem ser vistos clicando aqui

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

ENTREVISTA DE D. FELLAY: “MAIS DO QUE TUDO, O MUNDO ATUAL PRECISA DE PADRES”

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Sua Eminência, o senhor acaba de publicar um livro belamente intitulado “Por Amor à Igreja”. O senhor pode nos dizer algo sobre suas origens? 

Dom Fellay: Este livro tem uma longa história. Minha agenda não me dava toda a liberdade necessária para escrever tal trabalho. Ele foi pensado pela primeira vez há cerca de quatro anos, e a escrita foi concluída há mais de um ano. Como resultado, os temas relacionados às notícias estão parcialmente desatualizados.

“Por amor à Igreja” nos convida a questionar o lugar da Fraternidade Sacerdotal São Pio X na Igreja. Não deveria este lugar estar em Roma, porque Roma é a cabeça e também o coração da Igreja?

O coração da Igreja é o Espírito Santo, é o amor de Jesus, e é também o sacerdócio, tão intimamente ligado a Nosso Senhor e ao Seu Sagrado Coração. O chefe da igreja é Cristo.

Aqui abaixo, o líder visível da Igreja é o Papa, a quem estamos naturalmente sujeitos, a quem respeitamos e temos sempre respeitado, assim como todas as autoridades legítimas da hierarquia eclesiástica.

O lugar da Fraternidade é no centro, no coração da Igreja. Pois o sacerdócio e a Santa Missa, intimamente ligados uns aos outros, são o coração da Igreja; a bomba que transmite a vida da graça por todo o corpo.

Como católicos romanos, nosso lugar também está em Roma. Mas você sabe que estamos passando por uma crise terrível, uma verdadeiramente desorientação diabólica, que substituiu a Roma eterna, mestra da sabedoria e da verdade, por uma nova Roma, nascida do Concílio Vaticano II, uma Roma neo-modernista com tendências liberais, que devemos resistir para manter a fé. Continuar lendo

ORDENS MENORES E SUBDIACONATO EM ECÔNE E ZAITZKOFEN – 2019

No dia 6 de abril, no sábado chamado Sitientes, D. Fellay conferiu as segundas ordens menores a 2 clérigos da FSSPX e a 1 irmão dos Cooperadores de Cristo Rei, de Caussade, bem como ordenou o subdiaconato a 9 seminaristas, em Ecône (Suiça)

Este slideshow necessita de JavaScript.

No mesmo dia, D. Alfonso de Galarreta ordenou 3 subdiáconos no Seminário do Sagrado Coração de Jesus, em Zaitzkofen (Alemanha).

Este slideshow necessita de JavaScript.

As ordenações nos Estados Unidos foram postergadas devido aos problemas de saúde enfrentados por D. Tissier.

*************************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

D. FELLAY: NECESSÁRIA DEPENDÊNCIA DIANTE DE DEUS E NATUREZA DA OBEDIÊNCIA EM RELAÇÃO ÀS AUTORIDADES ROMANAS

fellay

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est 

Nesta Quinta-feira Santa, no Seminário São Pio X de Ecône , D. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade de São Pio X, celebrou a Missa Crismal cercado por muitos sacerdotes. É durante esta Missa que são consagrados os santos óleos que serão usados durante o ano todo: o óleo dos catecúmenos para o batismo e a ordenação sacerdotal, o óleo dos enfermos para a extrema-unção e o santo crisma para o batismo e confirmação. Em seu sermão, o bispo Fellay recordou a dependência necessária diante de Deus e esclareceu a natureza da obediência em relação às autoridades romanas.

**********************

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,

Prezados Senhores Padres, caros seminaristas, queridos fiéis,

Nesta manhã, temos a alegria – de acordo com a Tradição da Igreja – de confeccionar os santos óleos, os Santos Óleos que servirão em quatro dos sete sacramentos da Igreja, alguns para a validade, outros para a perpetração do sacramento. Esta cerimônia é muito, muito especial, e ainda que tenhamos que ser breves, visto que os sacerdotes devem voltar ao seu ministério, devemos mesmo assim apresentar-lhes algumas noções.

Ter belos ornamentos

A primeira é que, de acordo com o que sei, este é o único lugar de todo o missal onde se encontra nas rubricas a exigência de ter belos ornamentos. A Igreja pede que o bispo esteja vestido de vestes preciosas. Isso não quer dizer que esta seja a única vez onde as coisas devem ser assim, denota a preocupação da Igreja, tão bem expressa por São Pio X: o povo cristão deve orar sobre a beleza. Trata-se do culto de Deus. É de tal forma normal, deveria ser evidente que, para honrar o bom Deus, damos-Lhe o melhor e, portanto, temos esse cuidado, especialmente nós que queremos manter toda a liturgia em toda a sua beleza, em toda a sua expressão. A liturgia é o culto de Deus e, portanto, que tenhamos esse cuidado com a beleza, em toda Santa Missa, em todo ato litúrgico, é necessário ter essa preocupação. Não é simplesmente fazer qualquer coisa, trata-se de honrar a Deus, glorifica-Lo, trata-se de toda a nossa adoração e nosso amor ao bom Deus. E como em todo amor, a gente cuida dos detalhes.

A Igreja é profundamente hierárquica.

Uma segunda noção: esta cerimônia expressa a profunda natureza da Igreja, profundamente hierárquica. Foi o bom Deus que quis as coisas. Tudo de bom, tudo de bom, tudo o que recebemos, recebemos do bom Deus. Quer se tratem das graças, quer se tratem de certas qualidades, dos poderes, tudo, tudo vem de Deus. E o modo de distribuir esses dons, sobretudo os dons sobrenaturais, está de tal forma expressa nesta Missa. Antes de tudo, a transmissão da graça. Tudo decorre da Santa Missa.

Verdadeiramente todas as graças que recebemos foram merecidas por Nosso Senhor na cruz, em Seu Sacrifício. E a Missa, a Santa Missa, que não é apenas a renovação, mas a perpetuação da Cruz, é exato e identicamente o mesmo Sacrifício de Nosso Senhor na cruz. Bem, esta Santa Missa será o instrumento utilizado por Deus para difundir por toda a terra Sua graça. Continuar lendo

MONS. FELLAY SOBRE O ATUAL ESTADO DA FRATERNIDADE

news-header-image

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Monsenhor Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade São Pio X, graciosamente concordou em proferir uma conferência aos fiéis da Igreja de São José, ocasião em que falou sobre o desenvolvimento das relações da Fraternidade com Roma. Durante esta conferência, concedida em 3 de fevereiro de 2018, ele forneceu muita informação sobre isso e, acima de tudo, incentiva um assunto que pode parecer tão obscuro para os católicos hoje.

Diante de um grupo de fiéis muito interessados da Igreja de São José, Monsenhor Fellay abriu a conferência falando sobre os antecedentes da obra da FSSPX, relembrando os eventos e movimentos que tiveram lugar antes do Concílio Vaticano II. Ele também lembrou que o “respeito humano” em que o clero caiu, foi a razão pela qual eles evitaram condenar o comunismo e introduziram o conceito muito venenoso de liberdade religiosa. O último foi solicitado especificamente à Igreja pela Loja Maçônica B’nai B’rith.

No entanto, a influência do comunismo e da maçonaria não terminou no Concílio, mas devastou a Igreja extensivamente nas décadas seguintes. Os inimigos de Cristo atacaram o coração de sua Igreja apontando suas armas para o sacerdócio. Com a implantação de candidatos cuidadosamente selecionados nos seminários, esses inimigos conseguiram reduzir o corpo sacerdotal a uma mera sombra do que fora um dia, em questão de algumas décadas. Sua Excelência observou, por exemplo, o caso de uma paróquia na França que conta com dois sacerdotes, com mais de 60 anos de idade, aos quais foram confiados 92 centros de missas. É uma situação verdadeiramente dramática, e definitivamente não há avanço neste momento.

Em rápidas pinceladas, Monsenhor delineou um breve resumo dos tratados da Fraternidade com Roma desde a sua fundação em 1970. Entre outras coisas, ele falou do protocolo de 1988 — um documento que, apesar de não ser perfeito, era suficiente em si mesmo, e que teria concedido à Fraternidade o seu lugar legítimo na Igreja. Monsenhor Lefebvre voltou atrás em assinar este documento por uma razão prática; depois de rezar, deu-se conta de que estava sendo enganado, e de que não lhe seria concedido um sucessor. Continuar lendo

“SE VOCÊ QUER AJUDAR A RESTAURAR A IGREJA, É PRECISO COMEÇAR COM O SACERDÓCIO”

news-header-imageFonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Trecho da entrevista concedida por Dom Bernard Fellay à MaikeHickson (MH) de OnePeterFive, sobre o centenário de Fátima e a crise da Igreja. Nota: as perguntas foram enviadas ao Bispo Fellay em finais de 2017, mas em razão de vários contratempos a entrevista foi concluída somente no presente mês.

MH: Cada vez mais muitos observadores parecem ver paralelos entre os princípios em que a Fraternidade São Pio X (FSSPX) baseou sua própria resistência contra certas novidades anteriormente vindas de Roma, e entre os princípios agora aplicados por aqueles críticos do documento exortatório do Papa Francisco, Amoris Laetitia. O próprio Professor Seifert repetidamente fez referência explícita em analogia ao seu próprio caso. O senhor poderia nos explicar esses princípios fundamentais na medida em que os vê em alguma correspondência mútua e reforçada?

Temos almas para salvar. A Igreja não é nova. Se seguimos o que a Igreja sempre fez, e o que os santos sempre fizeram, temos a certeza de estar no caminho seguro para o Céu. Em todos os tempos, a Igreja considerou perigosas as novidades e o fruto do orgulho. Podemos, hoje, dizer que há uma doença de novidade e mudança. Mas Deus não muda. A fé não muda. Os mandamentos não mudam. Seja fiel ao que a Igreja sempre ensinou em seus catecismos e você terá a certeza de estar no lado certo dessa luta por Deus e Sua glória.

MH: A FSPX desde cedo se opôs a certos aspectos do ecumenismo e da liberdade religiosa. Como o senhor relataria essa resistência anterior ao debate atual sobre a indissolubilidade do matrimônio à luz do fato de que essas outras religiões muitas vezes não acreditam neste dogma?

Uma vez que muitas religiões rejeitam a indissolubilidade do casamento, podemos pensar que as medidas tomadas por Roma se inspirariam no ecumenismo, mas não tenho certeza de que exista necessariamente uma ligação. Penso que o problema é uma relativização geral da verdade e, consequentemente, uma aplicação frouxa da lei e compreensão dos mandamentos de Deus. Ou, seguindo os princípios do personalismo, tal insistência na pessoa humana, no sentido de que a ordem de Deus não está em primeiro lugar. (Em outras palavras, o homem se torna Deus.) Você encontra isso no nível da religião e mesmo da legislação hoje. João Paulo II descreveu isso como antropocentrismo. Agora vemos isso aplicado ao matrimônio. Todos querem uma vida fácil… Continuar lendo

TOMADA DE BATINA NOS SEMINÁRIOS DA FSSPX NA FRANÇA E ESTADOS UNIDOS

Fontes: La Porte Latine / DICI– Tradução: Dominus Est

TOMADA DE BATINA EM FLAVIGNY (FRA)

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 2 de fevereiro, o Seminário São Cura d’Ars, Dom Alfonso de Galarreta, bispo auxiliar da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, entregou o hábito clerical aos 16 seminaristas do primeiro ano: 12 franceses, 1 Camaronês, 1 Canadense, 1 italiano e 1 suíço.

A celebração foi assistida pelos padres Patrick Troadec , diretor do seminário (padre assistente), Jean de Lassus e Louis Edward Meugniot (diáconos assistentes), Michael Demierre (diácono) e Foucaud Rufus (subdiácono).

Em seu sermão, ele [D. Galarreta] lembrou o a representatividade do hábito eclesiástico: a renúncia ao mundo e ao seu individualismo, destruidor da autoridade e da obediência.

As famílias dos seminaristas não estavam sós nessa viagem. Mais de 30 seminaristas de Ecône e cerca de 30 sacerdotes cercaram os jovens levitas.

As escolas secundárias de Saint-Joseph des Carmes (Montreal de Aude), Saint-Jean-Baptiste de la Salle (Camblain l’Abbé), L’Étoile du Matin  (Eguelshardt), Saint-Martin (La Placelière, Château-Thébaud) ) e Saint-Jean Bosco (Marlieux) foram representados por muitos estudantes.

Durante a cerimônia, o coro da escola de Saint-Joseph des Carmes, sob a direção do Pe.  Eric Peron, interpretou o”kyriale” da Missa de Meia-Noite de Charpentier e os “motets” de Monteverdi. A escola do seminário de Ecône assegurou o canto das peças gregorianas.

TOMADA DE BATINA E TONSURA EM DILLWYN (EUA)

Este slideshow necessita de JavaScript.

No dia 2 de fevereiro de 2018, no seminário de Santo Tomás de Aquino, em Dillwyn  (EUA), 9 seminaristas receberam o hábito eclesiástico das mãos de D. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade de São Pio X. Da mesma forma, 12 seminaristas do segundo ano receberam a tonsura clerical.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

D. FELLAY: CARTA AOS AMIGOS E BENFEITORES – Nº 88

imagem Notícia-header

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

1517 – 1917: A REVOLTA DE LUTERO E A REVOLUÇÃO BOLCHEVISTA À LUZ DE FÁTIMA

Caros amigos e benfeitores,

Neste mês de outubro de 2017, coincidiram três aniversários que determinaram o curso da história dos homens e da Igreja: a revolta de Lutero, a revolução bolchevista e o milagre de Fátima.

Há quinhentos anos, em 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero iniciou sua revolta contra a Igreja Católica. Há cem anos, no dia 7 de novembro, estourou a revolução na Rússia. Segundo o calendário juliano, ela recebeu o nome de “Revolução de Outubro”.

E há cem anos, alguns dias antes, em 13 de outubro, o Coração Imaculado selou com um milagre espetacular sua mensagem, anunciando os grandes eventos futuros da Igreja e do mundo, dos quais alguns já fazem parte do passado, como a Segunda Guerra Mundial, e outros ainda não chegaram, como o triunfo do Coração Imaculado e a conversão da Rússia.

A reforma lançada por Lutero apareceu, em um primeiro momento, como um acontecimento religioso. E, desde logo, o heresiarca alemão abalou em seus fundamentos a Igreja Católica, atacando o papado, a graça, a Santa Missa, o sacerdócio, a Santa Eucaristia … A fé e os meios concedidos por Deus aos homens para alcançarem a salvação eterna foram rejeitadas ou profundamente falsificados.

Mas, tendo em conta os inegáveis ​​vínculos entre a ordem sobrenatural da Igreja e da graça, por um lado, e a ordem temporal dos governos humanos e da sociedade civil, por outro, muito em breve a rebelião contra a Igreja se estendeu à sociedade humana, dividindo a Europa até hoje, abrindo séculos de perseguição contra a Igreja nos países reformados e marcando toda a Europa com terríveis guerras, das quais a mais dolorosa foi a Guerra dos Trinta Anos. Realmente, nossa incompreensão é total quando atualmente vemos que alguns prelados católicos celebram e até mesmo comemoram esse acontecimento tão triste e tão assustador para a cristandade. Continuar lendo

FOTOS DAS ORDENAÇÕES EM DWILLYN (EUA) – 2017

ordwa1700

Fonte: SSPX USA – Tradução: Dominus Est

D. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade de São Pio X, ordenou 9 sacerdotes americanos na sexta-feira, 7 de julho de 2017, na festa dos Santos Cirilo e Metódio e primeira sexta-feira do mês, dedicada ao Sagrado Coração de Jesus. Ele também ordenou 6 novos diáconos.

Estas são as primeiras ordenações sacerdotais realizadas nas novas instalações do Seminário Santo Tomás de Aquino. Inaugurado em 4 de novembro de 2016, está localizado em Dillwyn, VA, no condado de Buckingham.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Com as ordenações em Ecône em 29 de junho (veja as fotos aqui e aqui) e em Zaitzkofen em 1 de julho (veja as fotos aqui), 23 novos sacerdotes foram ordenados neste verão.

 

A FSSPX conta agora com 635 sacerdotes, são assistidos por 117 irmãos professos e 79 irmãs oblatas. Divididos em 190 casas nos seis continentes, são assistidos por cerca de 20 comunidades de Irmãs da FSSPX e trabalha com várias comunidades sacerdotais e religiosas fiéis à Tradição da Igreja.

 

*****************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

 

OUTRAS BELÍSSIMAS FOTOS DAS ORDENAÇÕES EM ECÔNE – 2017

Além das daquelas que já postamos, publicamos agora outras belíssimas fotos das ordenações de 12 padres e elevação de 6 diáconos ocorridas no Seminário Internacional da FSSPX, em Ecône, dia 29 de junho de 2017.

PROCISSÃO DE ENTRADA

Este slideshow necessita de JavaScript.

PROSTRAÇÃO DOS ORDENANDOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

IMPOSIÇÃO DAS MÃOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

O SACRAMENTO DA ORDEM

Este slideshow necessita de JavaScript.

AS PRIMEIRAS BÊNÇÃOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

FOTOS DAS ORDENAÇÕES EM ECÔNE 2017: 12 SACERDOTES E 6 DIÁCONOS

Seis novos diáconos e doze novos padres para transmitirem a herança de Mons. Marcel Lefebvre

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

No dia 29 junho de 2017, na festa dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, no seminário de Ecône (Suíça), D. Alfonso de Galarreta, ordenou 12 novos sacerdotes da Fraternidade Sacerdotal São Pio X: 11 franceses e 1 espanhol.

Ele também elevou ao diaconato 6 alunos do quinto ano: 5 franceses, da Fraternidade Sacerdotal São Pio X e das comunidades amiga, e 1 inglês.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dirigindo-se aos ordenandos, Mons. de Galarreta disse:

“Esta fé que os senhores devem ensinar, é a verdade de Cristo, de seu evangelho, da Tradição, do magistério de sempre, da Fé de sempre. Esta é a doutrina de Cristo transmitida pela Tradição e pela Santa Igreja, e é isso que deve ensinar o padre.

O que é exigido dele é que seja fiel e ensine pura e fielmente esta doutrina de Cristo e nada mais. Sem essa fé, não podemos agradar a Deus. E qualquer coisa que não proceda dessa fé é pecado e cisma e está fora da unidade da igreja. Onde não há conhecimento da verdade imutável e eterna, há apenas falsa virtude. […]

A situação atual é de uma crise fé na Santa Igreja. Monsenhor Lefebvre dizia que este espírito liberal e modernista do Concílio Vaticano II triunfou e penetrou até o mais alto ponto da Igreja. Mistério da iniqüidade … “

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em seguida, eles encontraram seus parentes e amigos, a quem deram suas primeiras bênçãos, com grande emoção, que era nítida em seus rostos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estes jovens sacerdotes receberam, durante a missa, a imposição das mãos de 3 bispos e 143 sacerdotes que estiveram presentes na cerimônia, onde viram crescer o futuro da Tradição. Os fiéis vieram em grande número para comungarem desta alegria inexplicável. 

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

*********************************

MAIS 23 SACERDOTES PARA A FSSPX – ORDENAÇÕES NO HEMISFÉRIO NORTE

ordinations_sacerdotales_juin_juillet_2017

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

No dia 29 junho de 2017, na festa dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, no seminário de Ecône, na Suíça), D. Alfonso de Galarreta, ordenará 12 novos sacerdotes para a Fraternidade Sacerdotal São Pio X: 11 franceses e 1 espanhol. Serão também ordenados diáconos outros 4 franceses (2 para a FSSPX e 2 para os capuchinhos de Morgon) e 1 inglês.

Em 1 de Julho de 2017, no Seminário do Sagrado Coração de Jesus (Priesterseminar Herz Jesu, em Zaitzkofen, na Alemanha) – será D. Bernard Tissier de Mallerais quem conferirá o sacerdócio a 2 outros sacerdotes.

Finalmente, em 7 de julho de 2017, D. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade São Pio X, ordenará 9 novos sacerdotes e 6 diáconos no Seminário São Tomás de Aquino, em Dyllwin, EUA.

No total, portanto, 23 novos padres serão ordenados em junho e julho de 2017 para a FSSPX, que contará, então, com 635 sacerdotes, ajudados por 116 Irmãos e 79 Irmãs Oblatas.

Em seus seis seminários pelo mundo são 204 jovens e 36 pré-seminaristas que foram inscritos no início do ano acadêmico.

Em junho/julho são realizadas as ordenações nos seminários do hemisfério norte (EUA, França, Suiça e Alemanha) e em dezembro nos seminários do hemisfério sul (Argentina e Austrália)

Rezemos por esses jovens, para que se mantenham firmes na verdadeira fé católica.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

CONSAGRAÇÃO DA IGREJA DO NOVICIATO SÃO BERNARDO, EM ILOILO, NAS FILIPINAS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine / FSSPX Distrito da Ásia

No dia 13 de maio, D. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, consagrou a magnífica igreja do noviciato São Bernardo, em Iloilo, nas Filipinas, sob o título de Nossa Senhora de Fátima, por ser o dia do aniversário do centenário da primeira aparição.

Centenas de fiéis filipinos cercaram os treze sacerdotes que viajaram para este dia maravilhoso que mostra o resultado de muitos anos de esforço para dar à Tradição um novo lugar de recolhimento, onde será celebrada a Missa de sempre.

A construção da monumental igreja em meio aos campos de arroz da Ilha Panay começou em 2012. O trabalho progrediu no ritmo determinado pelas doações e pelas estações: assim, em 2014, o projeto foi consideravelmente desacelerado em consequência do tufão Hagupit. 

Para acompanhar um pouco de sua evolução, clique nos links abaixo:

Reportagem n° 1 de fevereiro de 2015
Reportagem n° 2 de outubro de 2015
Reportagem n° 3 de fevereiro de 2016
Reportagem n° 4 de julho de 2016
Reportagem n° 5 de setembro de 2016
Reportagem n° 6 de janeiro de 2017
Reportagem n° 7 de fevereiro de 2017

Deo Gratias!

CARTA AOS AMIGOS E BENFEITORES – Nº 87

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

O livre exame nega a necessidade de uma autoridade sobrenatural e torna impossível a unidade na Verdade.

Queridos amigos e benfeitores:

Há 500 anos, Martinho Lutero se revoltava contra a Igreja, arrastando consigo um terço da Europa – foi provavelmente a maior perda sofrida pela Igreja Católica durante sua história, depois do cisma do Oriente em 1054. Assim ele privou milhões de almas dos meios necessários à salvação, afastando-as não de uma organização religiosa entre tantas, mas realmente da única Igreja fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo, da qual ele negou o caráter sobrenatural e sua necessidade para a salvação. Ele desfigurou completamente a fé, cuja qual ele rejeitou os dogmas fundamentais, que são o Santo Sacrifício da Missa, a presença real na Eucaristia, o sacerdócio, o papado, a graça e a justificação.

Na base de seu pensamento, que ainda hoje é a base do protestantismo em seu conjunto, há o“livre exame”. Este princípio equivale a negar a necessidade de uma autoridade sobrenatural e infalível que possa se impor aos julgamentos particulares e interromper os debates existentes entre aqueles que ela tem por missão guiar no caminho do céu. Este princípio claramente reivindicado torna totalmente impossível o ato de fé sobrenatural, que repousa sobre a submissão da inteligência e da vontade à Verdade revelada por Deus e ensinada pela Igreja com autoridade.

O livre exame, definido como princípio, não torna somente inacessível a fé sobrenatural, que é o caminho da salvação (“quem não crer será condenado ” – Mc.16,16), mas também torna impossível a unidade na Verdade. Dessa forma, estabeleceu como princípio a impossibilidade dos protestantes obterem tanto a salvação eterna como a unidade na Verdade. E, de fato, a multiplicação de seitas protestantes não para de crescer desde o século XVI.

Diante de um espetáculo tão desolador, quem não compreenderia os esforços empregados maternalmente pela verdadeira Igreja de Cristo em buscar a ovelha perdida? Quem nãosaudaria suas numerosas iniciativas apostólicas para libertar tantas almas aprisionadas neste princípio falacioso que lhes interdita o acesso à salvação eterna? Esta preocupação em retornar à unidade da verdadeira fé e da verdadeira Igreja atravessa os séculos. Não é nada novo, basta considerar a oração da Sexta-feira Santa: Continuar lendo

ECÔNE: TONSURAS E PRIMEIRAS ORDENS MENORES

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Em 11 de março de 2017, Dom Bernard Fellay , Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X, durante a Missa Pontifical conferiu a tonsura a 7 seminaristas do segundo ano, a 2 monges do mosteiro dos Capuchinhos Morgon e 1 membro dos Cooperadores de Cristo Rei, do Pe. Marziac.

Em seguida, Dom Fellay conferiu as primeiras ordens menores a 13 seminaristas do terceiro ano .

Em sinal de renúncia à vida mundana, o pontífice corta algumas mechas de cabelo. Nas ordens antigas a tonsura é mais visível, como é portada ainda, por exemplo, entre os capuchinhos e beneditinos que após a cerimônia de tonsura não levam mais que uma coroa de cabelo.

Depois de conferir a tonsura, Sua Excelência conferiu as ordens menores (1):

O Hostiário (2) tem a tarefa de abrir e fechar as portas da igreja e assegurar a santidade do local de culto. Também é responsável pela convocação, tocando a campainha, de chamar os fiéis para as funções divinas.

– O Leitor faz as leituras do Antigo Testamento em público: desta forma, ele começa a exercer a função sacerdotal do ensinamento.

Oremos pela perseverança desses jovens que são uma fonte real de esperança e de promessas para a Igreja.

(1) Os quatro ordens menores (Hostiário, Leitor, Exorcista e Acolito) são graus do sacerdócio. Elas já não são mais conferidas nos seminários conciliares. 

(2) “O Hostiário deve guardar a igreja dia e noite, cuidar para que nada se perca; abrir e fechar a igreja e a sacristia; cuidar da limpeza e da decoração da igreja; tocar os sinos para indicar as horas das diferentes orações; manter a ordem do lugar e observar o silêncio e a modéstia; evitar que os infiéis entrem na igreja, perturbando os serviços, profanando os mistérios; abrir o livro ao pregador. “

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

MAIS 14 SEMINARISTAS RECEBEM A BATINA NO SEMINÁRIO SAINT-CURÉ-D’ARS – FSSPX/FRANÇA – 2017

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

No dia 2 de fevereiro, no seminário Santo Cura d’Ars, Mons. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X , entregou o hábito clerical aos 14 seminaristas do primeiro ano: 12 franceses, 1 britânico e 1 suíço .

Ele foi assistido pelo Pe. Patrick Troadec , diretor do Seminário São Cura d’Ars (como padre assistente), e os padres: Christian Bouchacourt (como primeiro diácono) e Vincent Bétin, (como segundo diácono), Pe. Bernard Lacoste, (como diácono), Louis Fontaine, (como sub-diácono) e Frédéric Weil (como subdiácono portador da cruz).

Em seu sermão, ele lembrou o que representa a vestimenta eclesiástica: a renuncia ao mundo e seu individualismo, destruidor da autoridade e da obediência.

Muitos sacerdotes que estão em atividade nas escolas secundárias do Distrito da França, se juntaram às famílias para ficarem em torno dos seminaristas, 13 deles tendo passado pelas escolas da tradição.

Se o coro dos seminaristas de Ecône garantiu o canto das peças do Próprio gregoriano, o coro da escola Saint-Joseph des Carmes, dirigiu a função das peças para o Pe. Eric Peron , o Irmão Jean-Francois e Mons. Patrick Thomas, reforçando a solenidade da cerimônia pela Missa de São João de Deus de Haydn, e os motets de Mondonville.

SOBRE A ENTREVISTA DADA POR D. FELLAY…

..à TV Libertés, da França, no programa Terres de Mission n°17 e que  está causando tanta “comoção” sobre um possível acordo com Roma.

Enfim, não há nada de novo que D. Fellay diz há anos em qualquer Formação, Congresso ou visita, como a realizada aqui em Ribeirão em 2015!

Eis a transcrição…

Entrevistador: O Papa Francisco lhes fez a proposta de uma prelatura pessoal para a FSSPX. Com esta situação canônica os senhores mantêm uma independência dos bispos. Mons. Schneider, que visitou seus seminários insiste para que aceitem essa proposta, mesmo que a situação da Igreja não seja satisfatória em 100%. Não existe, com o tempo, um risco da criação de uma Igreja mais ou menos autónoma, autocéfala, se continuar essa situação de distanciamento constante com Roma, em respeito ao Papa, em respeito a cúria, em respeito aos bispos? O que o senhor espera para assinar uma proposta de Roma, a aparição na Sé de Pedro de um Pio XIII que todos nós esperamos?

D. Fellay: Creio que não precise esperar que tudo esteja resolvido na Igreja, de que todos os problemas estejam resolvidos. No entanto, existem uma série de condições que são necessárias e para nós a condição necessária é a condição de sobrevivência. Eu tenho dado a conhecer em Roma, sem qualquer ambiguidade, que da mesma maneira que Mons. Lefebvre disse em seu tempo: existe uma condição sine qua non, ou seja, se a condição não se cumpre, nós não nos movemos: que possamos permanecer tal como somos, ou seja, conservar todos os princípios que temos mantido, que são princípios católicos.

Na verdade, temos sérias censuras ao que aconteceu desde o Concílio, na Igreja, por certos homens: a famosa questão da maneira que se tem conduzido o ecumenismo, por exemplo, o que se chama liberdade religiosa, a relação entre Igreja e Estado, em seguida a liberdade de dar e a que título dar a todos a liberdade de exercer sua religião (…) e eu acredito que avançamos nesse caminho, na direção certa, ou seja, que Roma está cedendo.

É interessante que, há dois anos praticamente, que nos dizem que  há questões que foram enunciadas, propostas apresentadas pelo Conselho, que não são critérios de catolicidade. Isto significa que temos o direito de discordar e ainda assim ser considerados Católicos.
Continuar lendo

MAIS UM BRASILEIRO ORDENADO NO SEMINÁRIO DA FSSPX EM LA REJA

ordNo último sábado, 17 de dezembro, sábado das Têmporas do Advento, Mons. Fellay ordenou como sacerdote do Altíssimo, no Seminário Nuestra Señora Corredentora, em La Reja (Arg), o brasileiro Flavio de Morais.

Além da ordenação do agora Revmo. Pe. Flavio de Morais, outros 5 seminaristas receberam o Diaconato (3 brasileiros, 1 Mexicano e 1 Argentino).

Rezemos pela perseverança do neo-sacerdote, bem como de todos os outros seminaristas, entre os quais se encontram 6 brasileiros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Senhor, dai-nos sacerdotes”

“Senhor, dai-nos santos sacerdotes”

“Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes”

“Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas”

“São Pio X, rogai por nós”

FOTOS E VÍDEO DA BENÇÃO DO NOVO SEMINÁRIO DA FSSPX NOS ESTADOS UNIDOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: SSPX USA – Tradução: Dominus Est

Mais de mil fiéis reuniram-se na nova casa do Seminário Santo Tomás de Aquino nesta sexta-feira, 4 de novembro, para celebrar a bênção da nova casa para formação de padres. Conforme se convém, esse jubiloso dia para a Tradição na América começou com o Santo Sacrifício da Missa celebrado pelo Superior Geral da Fraternidade, o Bispo Bernard Fellay, que também contava com a presença de vários superiores distritais.

No sermão, D. Fellay explicou como uma construção tão nobre e grandiosa pode ajudar na formação dos futuros padres. Quando reflete os atributos do Deus eterno e majestoso, a arquitetura leva a um silêncio interior e lembra às almas que a vocação delas não é uma vocação comum!

Após a refeição, o Padre Yves le Roux, Diretor do seminário, agradeceu àqueles que tornaram tal obra possível: os benfeitores, os operários, os voluntários e todos aqueles que rezaram e sacrificaram algo para que essa obra fosse possível.

Entretanto, nem todas as notícias vindas neste fim de semana da Virgínia nos alegram, pois o Superior Geral, D. Fellay, fraturou gravemente seu pé. Pedimos as orações dos fiéis para que ele se recupere bem e se recupere completamente.

Mais do que qualquer coisa, o novo seminário fica como um tributo ao fundador da Fraternidade. Sem a perspicácia que o Arcebispo Lefebvre teve na defesa do sacerdócio católico, nada disso teria sido possível. Continuemos a rezar para que a Fraternidade possa formar padres de Deus e que Nossa Senhora proteja todos eles neste mundo caótico!

DOM FELLAY CONFERE A TONSURA E ORDENS MENORES NO SEMINÁRIO DA SANTA CRUZ DE GOULBURN, NA AUSTRÁLIA

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Em um belo e ensolarado dia que Mons. Bernard Fellay, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X conferiu a tonsura a quatro estudantes do Seminário Santa Cruz de Goulburn, na Austrália.

Estes quatro seminaristas estão realizando seus estudos em Goulburn mesmo, onde a FSSPX possui um seminário dirigido pelo Pe. Abbot Daniel Themann, que chamou os quatro futuros clérigos a se apresentarem diante do celebrante.

Os quatro novos tonsurados são:

  • Daniel Yagan, das Filipinas 
  • Cyril Alolaya, das Filipinas 
  • Joseph Manyeki, do Quênia 
  • Thomas Machado, da Índia

Após a cerimônia de tonsura, Dom Fellay concedeu as primeiras ordens menores de Hostiário e Leitor a Martin Anozie, do Quênia

Rezemos e ofereçamos sacrifícios para que Senhor da messe nos envie um grande número de trabalhadores.

Senhor, dai-nos sacerdotes! 
Senhor, dai-nos santos sacerdotes! 
Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes! 
Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas! 
Senhor, dê muitos santos pais e santas mães de famílias cristãs!