CRISMAS 2021 EM SÃO PAULO

Caros Fiéis,

Sua Excelência Dom Bernard Fellay visitará o Brasil em agosto-setembro. Ele deverá administrar o sacramento da Crisma em São Paulo no sábado, 4 de setembro de 2021. 

Aqueles que desejarem receber este sacramento deverão preencher as seguintes condições:

  • frequentar uma capela da Fraternidade São Pio X por ao menos seis meses
  • entregar ao Padre encarregado de sua capela:

– a certidão de Batismo da pessoa que receberá a Crisma

– o documento de identidade (RG) da pessoa que receberá a Crisma

– a certidão da Crisma do padrinho / madrinha

– o formulário “Pedido de Crisma” preenchido (este documento está disponível no site www.fsspx.com.br)

  • assistir aos cursos de formação que serão agendados posteriormente

As inscrições serão encerradas em 15 de junho. 

Alguns detalhes para ajudar a preencher o formulário “Pedido de Crisma”, disponível ao final desta página:

Certidão de Batismo:

Aqueles que foram batizados em uma das capelas do Priorado Padre Anchieta de São Paulo, não precisam fornecer a certidão de Batismo. 

Padrinho / Madrinha:

Cada pessoa que recebe o sacramento da Crisma deve ter um padrinho ou madrinha. As condições para assumir esta responsabilidade são as seguintes: 

– ser do mesmo sexo do confirmando, 

– não ser o padrinho/madrinha do Batismo, 

– ter pelo menos 16 anos de idade, 

– ser batizado e crismado, 

– ter uma vida em conformidade com a moral católica, 

– não estar sob sentença canônica, 

– não ser membro de uma seita herética ou cismática, 

– não ser pai, mãe ou cônjuge do confirmando.

Os padrinhos que foram crismados em uma capela dependente do Priorado Padre Anchieta de São Paulo não precisam fornecer a certidão de Crisma.

Nome de Crisma:

É costume escolher um nome específico adicional para Crisma, mas não é obrigatório. É possível manter o nome de Batismo.

Crisma sub conditione (sob condição): 

Se uma pessoa que já recebeu a Crisma tem alguma dúvida ou certeza sobre a invalidade deste sacramento, ela pode recebê-lo novamente sob condição. 

Neste caso, é possível escolher outro padrinho.

Qualquer dúvida, escrive para: contato@fsspx.com.br

Obrigado por cumprir com todas estas indicações.

Estejam certos das orações e dedicação dos Padres.

Padre Jean-François Mouroux, FSSPX

Prior

Ficha de inscrição

Clique no botão abaixo para abrir a ficha de inscrição. Você deve imprimi-la, preenchê-la completamente e entregá-la, juntamente com todos os documentos pedidos, ao Padre encarregado de sua capela ou a um Padre no Priorado Padre Anchieta.

Clique aqui para acessar a ficha de inscrição

NATURALISMO: PERIGO PARA A FÉ

natu

Fonte: La Trompette de Saint Vincent n° 23 – Tradução: Dominus Est

Se nossa vida não é mais guiada pelo “Servir primeiro a Deus, é muito provável que seja guiada pelo “non serviam” de Lúcifer.

As fórmulas gerais que convidam a um entendimento fraterno entre todos os homens são muito atraentes. Quem pode, razoavelmente, se opor à paz universal? A caridade não é um tema importante da pregação católica?

O problema começa quando queremos especificar os detalhes práticos desse entendimento universal. De fato, será necessário concordar sobre a noção de felicidade, sobre os princípios que orientarão a ação comum e sobre muitas outras questões religiosas. Isso é realmente possível para um católico?

Ignorar a revelação cristã quando ela ocorre é negá-la. Isso se chama naturalismo: a recusa de Nosso Senhor, de sua Igreja, de sua graça. O Naturalismo é a rejeição do sobrenatural. O homem pensa que pode alcançar a perfeição sem a ajuda de Cristo.

Essa recusa pode assumir várias formas: formas absolutas que se opõem radicalmente à fé, ou formas mitigadas, como aquela que toma a fé como opinião. Essa forma mitigada é muito atrativa, pois é simpática e vai muito bem com o liberalismo dominante. É, portanto, muito perigoso. Para ela, a fé é apenas uma opção, ou uma livre opinião. Ela não é contra Nosso Senhor, de quem poderá dizer coisas belas. Mas essa preferência é apenas uma opção, praticamente facultativa. Não é preciso dizer mais nada para perceber que tudo está sendo feito hoje para nos ensinar essa mentalidade de naturalismo moderado. Tudo é feito para que nossa vida se organize em torno de um princípio diferente de Jesus Cristo: dinheiro, saúde, reputação… E se nossa vida não for mais guiada pelo “Servir primeiro a Deus“, corre o risco de sê-lo pelo “Non Serviam” de Lúcifer. Se não é mais o amor de Deus que governa nossa vida, pode muito bem ser o amor desordenado de nós mesmos.

Acautelemo-nos do demônio do naturalismo que esconde seu ódio a Jesus Cristo sob a indiferença religiosa, a promoção de um entendimento fraterno e a construção de uma paz universal.

Pe. Vincent Gélineau, FSSPX

Nota do blog: um excelente texto do Pe. Emmanuel-Andre (O Remédio para o Naturalismo) pode ser lido clicado aqui.

PEQUENO CATECISMO DA COMUNHÃO NAS MÃOS

la porte

Fonte: L’Hermine n ° 61 (em La Porte Latine) – Tradução: Dominus Est

Nestes últimos meses, as autoridades da Igreja “conciliar” se apoiaram na pandemia do Covid-19 para encorajar ou impor a prática de receber a Sagrada Eucaristia nas mãos. Em sentido inverso, circulam muitas publicações que pretendem provar que a comunhão sempre foi recebida na língua, mesmo nos primeiros séculos da Igreja. O que devemos pensar? Na Internet existem muitos documentos que, embora defendam a comunhão na língua, o fazem com base em argumentos falaciosos. É necessário, portanto, aprofundar a questão, sem, no entanto, abandonar o estilo simples do catecismo. Por isso, decidimos inserir no texto apenas as principais conclusões, relegando todo o aparato crítico das evidências às notas finais.

  1. O que é a comunhão nas mãos hoje?

A comunhão nas mãos é uma prática da liturgia romana reformada após o Concílio Vaticano II. O sacerdote (ou outro ministro da Eucaristia, que na nova liturgia também pode ser um leigo [1] coloca a hóstia sobre a palma da mão esquerda do fiel, que a pega com a mão direita e a leva à boca.

  1. Quando essa prática foi introduzida?

A prática atual da comunhão nas mãos foi introduzida oficialmente em 29 de maio de 1969 pela Instrução Memoriale Domini da Sagrada Congregação para o Culto Divino [2]. Este documento, embora exprima uma preferência pela comunhão na língua, confia às Conferências Episcopais, após consulta ao Vaticano, o poder de autorizar a comunhão nas mãos.

  1. Trata-se de uma simples tolerância ou uma autorização verdadeira?

Alguns autores, se apoiando na carta da Instrução Memoriale Domini, vêem a comunhão na mão como um mal que o Vaticano teria tolerado unicamente por causa das circunstâncias. De fato, em alguns países (especialmente Bélgica, Holanda, França e Alemanha) a comunhão na mão já havia sido introduzida abusivamente. Ao invés de deixar a porta aberta para uma experimentação anárquica, o Vaticano teria preferido aceitá-la e regulamentá-la. Esta interpretação benevolente é, no entanto, contrariada pelos fatos. De fato, se tivesse sido apenas uma mera tolerância, o Vaticano teria que desencorajar a comunhão nas mãos nos países onde ela não havia sido difundida. No entanto, aconteceu o oposto. Por exemplo, a comunhão nas mãos foi autorizada na Itália em 1989, na Argentina em 1996, na Polônia em 2005. Além disso, D. Annibale Bugnini, Secretário da Congregação para o Culto Divino, deixou claras as intenções do Vaticano em um artigo publicado em 15 de maio de 1973 no Osservatore Romano e revisado pelo próprio Paulo VI [3]: para não mortificar “um significativo número de bispos, que se referem a uma prática [comunhão na mão] igualmente válida na história da Igreja e que, em certas circunstâncias, pode ser útil ainda hoje”. Agora, “válido” e “útil” não se referem a um mal que é tolerado, mas a um bem que é autorizado. A conclusão é óbvia: não há mera tolerância, mas verdadeira autorização, embora restrita. Continuar lendo

RESULTADO DA CRUZADA DE ROSÁRIOS

Fonte: DICI – Tradução: Dominus Est

Uma Cruzada de oração foi lançada pelo Pe. Pagliarani, Superior Geral da Fraternidade Sacerdotal São Pio X. Esta cruzada começou em 21 de novembro de 2020 e terminou em 1º de abril de 2021, Quinta-feira Santa. Eis os resultados acompanhados de uma carta do Superior Geral.

A MISSA E AS VOCAÇÕES, NOSSOS TESOUROS!

 Caros membros da Fraternidade, queridos fiéis, queridos amigos,

Em 11 de novembro passado pedimos a vossa generosidade para redobrar as súplicas ao Céu, a fim de obter, através de uma Cruzada de orações, a liberação da Missa e o afluxo de muitas vocações.

Terminada esta Cruzada na última Quinta-feira Santa, pudemos finalmente reunir os resultados. Com uma alegria transbordante teremos a honra de apresentá-los solenemente à Virgem Maria, nossa mãe, no próximo 1º de maio, no primeiro dia do mês consagrado a ela, na festa de São José (operário).

É importante para mim, nestas poucas linhas, vos agradecer de coração pelo empenho e pelo ardor com que souberam responder ao nosso urgente apelo. Nesses tempos desafiadores e difíceis para a Igreja e seus filhos, a visão desta sagrada aliança de oração em todo o mundo é um poderoso conforto para nossas almas e uma firme promessa de esperança na ajuda infalível do céu.

Como somos gratos pela assistência maternal da Virgem Maria! Em todo o mundo, a mesma observação se aplica: apesar das restrições sanitárias e das dificuldades de todos os tipos, os fiéis afluem, cada vez mais, em torno dos altares onde os nossos sacerdotes oferecem o santo sacrifício. Em muitos lugares, o número de fiéis até dobrou. Como explicar esse renascimento? Continuar lendo

SEMINÁRIOS: FORMAÇÃO DE FUTUROS LÍDERES PARA A IGREJA

SEMI

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

O sacerdote, assim que é enviado em missão pela Igreja – mesmo no âmbito de uma jurisdição de suplência como entre os sacerdotes da FSSPX – não tem outra missão senão a de continuar a função pastoral de Cristo: ensinar o depósito da fé, santificar pela graça divina, governar na ordem da salvação das almas. Em outras palavras, um papel de liderança, no domínio das almas e da sociedade eclesiástica.

As habilidades que fazem o líder

Ao falarmos da autoridade do sacerdote, esclareçamos que ela tira toda a sua legitimidade e força da de Cristo, que a ele confiou. E é isso, de fato, que os cristãos buscam de um sacerdote. Sua autoridade é sagrada. Ele sabe isso. Os fiéis também devem saber disso. Essa autoridade deve, portanto, ser exercida à maneira de Jesus.

Por fim, é óbvio que a eficácia da Igreja a nível local (priorados, paróquias) depende da qualidade dos líderes em exercício (priores, párocos). No entanto, o exercício adequado da autoridade geralmente não é inato, mas conseqüência do desenvolvimento da virtude da prudência em uma pessoa que já possui certas aptidões naturais.

Estas habilidades naturais para liderar os outros consistem, sobretudo, numa certa abertura de espírito (a fim de reunir constantemente ciência, conselhos e experiência), bom julgamento (ter os pés no chão e um mínimo de lógica) e, acima de tudo, capacidade no tomar decisões e impô-las (uma vontade que se sobrepõe à sensibilidade). Estas disposições naturais, exercidas com constância, forjam em nós a virtude da prudência, a virtude por excelência daquele que é investido de autoridade. Esta observação de Santo Tomás de Aquino, seguindo Aristóteles, encontra-se de uma forma ou de outra nos escritos de todos os atuais especialistas na formação de executivos, sejam do Exército ou das Grandes Escolas.

Entretanto, grande parte da formação dos futuros líderes da Igreja se dará na escola da vida, no campo, nos priorados, através da qual eles acumularão a experiência de governo, fazendo um balanço dos erros e sucessos, na ordem natural e sobrenatural. Continuar lendo

TOMADAS DE HÁBITO E PROFISSÕES ENTRE AS IRMÃS DA FSSPX

UMA NOVA SUPERIORA GERAL PARA AS IRMÃS DA FSSPX | DOMINUS EST

A Congregação das Irmãs da Fraternidade São Pio X tem a alegria, todos os domingos de Quasimodo, de expandir-se durante a cerimônia de tomada do hábito e das profissões.

Fonte: La Porte Latine – Tradução: Dominus Est

Neste sábado, 11 de abril de 2021, as fileiras das Irmãs da Fraternidade São Pio X, essas preciosas auxiliares dos sacerdotes, cresceram da seguinte forma:

  • no noviciado de Ruffec: 1 noviça e 3 profissões perpétuas.
  • As outras três casas de formação religiosa das Irmãs dão à família: 7 noviças, 2 professas temporárias e 2 professas perpétuas.

Este ano, 15 Irmãs estão dando os primeiros passos na vida religiosa, tomando o hábito ou fazendo os três votos de obediência, castidade e pobreza.

Para essas almas chamadas a viver na intimidade de Deus, a felicidade é grande em subir os degraus que as conduzem à doação total! As Irmãs dão graças a Deus, mas a colheita é abundante e as 210 trabalhadoras são muito poucas. As necessidades são urgentes. Como responder aos apelos das almas que as solicitam em todo o mundo?

Rezemos para obter de Nossa Senhora da Compaixão, padroeira e mãe das Irmãs, numerosas e santas vocações.

Mais sobre as Irmãs da FSSPX pode ser visto clicando aqui, aqui e aqui.

NOVIDADES DA REFORMA E CONSTRUÇÃO DO PRÉ-SEMINÁRIO EM SANTA MARIA

Na segunda-feira, 15 de março de 2021, começaram as obras de reforma e construção para o nosso Pré-Seminário (em Santa Maria/RS).

Os pisos e azulejos do banheiro já foram retirados, já foram feitas as novas paredes e está sendo terminada a encanação de água e esgoto.

No primeiro andar já foram retiradas as janelas e estão sendo preparados os novos vãos para recolocá-las; foi retirado o telhado e foram niveladas as paredes exteriores para receberem a laje do novo andar que será construído em breve.

O reforma da cozinha do Priorado para servir de refeitório dos pré-seminaristas já está pronta.

As obras avançam rapidamente e temos recebido a bênção dos primeiros oito pré-seminaristas que já estão recebendo aulas no Priorado de Santa Maria.

Continuamos contando com a generosidades de todos os fiéis do Brasil para terminar de construir nosso Pré-Seminário.

Deus abençoe todos os seus esforços!

Fotos do andamento das obras

Reforma dos banheiros:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cozinha: antes e depois!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Retirada do telhado

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos e vídeos aéreos do prédio do Pré-Seminário

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os Padres do Priorado e os pré-seminaristas

Faça a sua doação!

A obra consiste na restauração dos dois primeiros andares e a construção de um terceiro andar. São 75mts2 de construção e 150mts2 de reforma.

– O metro quadrado de construção custará R$ 1.000,00
– O metro quadrado de restauração custará R$ 500,00

Faça sua doação ao Priorado Imaculado Coração de Maria de Santa Maria/RS na conta:

Associação São Pio X
CNPJ: 04.455.445/0001-17
Banco Itaú
Agencia: 0330
Conta corrente: 03232-7

Especificando como motivo do depósito “Pré-seminário São Luiz Gonzaga”

Conheça aqui todos os detalhes da campanha

**************************

Nota do blog 1: Colocamos abaixo alguns links sobre a vocação sacerdotal:

Nota do blog 2: Mais números sobre a FSSPX podem ser vistos clicando aqui.

Nota do blog 3: Perguntas e respostas sobre a FSSPX podem ser vistas clicando aqui.

Nota do blog 4: Mais sobre os Seminários da FSSPX podem ser vistos clicando aqui

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”

TEMPO DE TRIBULAÇÃO, TEMPO DE ESPERANÇA E DE GRAÇA

trib“Porque o estipêndio do pecado é a morte…

Mas a graça de Deus é a vida eterna em Nosso Senhor Jesus Cristo” (Rom. 6, 23)

“Suplicamos-Vos, Senhor, afastai propício a morte e a epidemia, a fim de que nossos corações mortais reconheçam que sofrem os flagelos da vossa ira, e que vós também sois quem faz eles cessarem pela vossa grande misericórdia. Por Jesus Cristo, Senhor nosso” (Rogações no tempo de epidemia).

Caros fiéis e amigos,

As tribulações deste mundo: o preço do pecado.

Um grande pensador católico, Romano Amerio, na sua obra-prima Iota unum, comenta: “O cristão, na sua condição de pecador, não pode medir o preço da reparação que, pelos seus pecados e os do mundo, deverá suportar em dores e penas”.

O autor apenas lembra a doutrina do pecado original, segundo a qual ‘em Adão todos [os homens] pecaram’ (S. Paulo), e que Santo Tomás comenta: “Segundo a fé católica, é preciso afirmar que a morte, assim como todas as deficiências da vida presente, são penas devidas ao pecado original”.

Fatal e triste constatação que não precisa de demonstração, pois é evidente a abundância de males que acompanham a vida do homem nesta terra apenas pelo fato de ser homem.

Ora, a diferença essencial entre o homem que padece os males desta vida, e o cristão, filho de Deus, é que este sofre e padece em união com Cristo. Ele, nosso Salvador, não quer poupar-nos todas as penas temporais, enquanto sim nos tira da pena eterna, o inferno, pelos méritos de sua Paixão e Morte. Assim, o cristão não esquece que a felicidade do homem na terra é feita de esperança, pois o nosso fim é o bem infinito e eterno, não os bens finitos da terra. Enquanto chega a recompensa, devemos suportar como pena do pecado (o pecado original, os pessoais, os do mundo) os males inevitáveis da vida; devemos, mais ainda, aceitá-los por amor e gratidão a Jesus, nosso Redentor, que sendo o Cordeiro sem mancha de pecado, sofreu gratuitamente para salvar-nos. É assim que a oração da Igreja faz sentido e nos reconforta: “Perdoai, Senhor, perdoai ao vosso povo, para que, castigado por justos flagelos, respire na vossa misericórdia” (Oração na quinta feira de Cinzas). Continuar lendo

PACIÊNCIA NA EDUCAÇÃO

Irmãs da FSSPX (19) | PermanênciaIrmãs da FSSPX 

Paciência e tempo fazem mais do que a força e o ódio”, escreveu La Fontaine. Se há algum domínio onde esse ditado se verifica, é sem dúvida na educação das crianças. Do primeiro choro até o momento dela se tornar adulta, uns vinte e cinco anos se passarão. E assim como o tricô é feito linha a linha, a edução se faz dia a dia.  

Paciência na instrução

É desnecessário querer tudo imediatamente. Só poderemos pedir da criança aquilo que é realmente capaz de fazer ou de aprender a fazer. Por exemplo, com uma criancinha, o momento presente ocupa toda a sua atenção; ela não sabe, ou talvez não sabe bem, colocar-se no futuro e prever as consequências a longo prazo dos seus atos, e por isso é tão imprudente. 

João tem seis anos, voltou da escola sem o gorrinho ou sem as luvas e estava nevando. Claro que brincou de jogar bolas de neve durante o recreio com as mãos descobertas e, naturalmente, pegou um resfriado“. É inútil repreendê-lo por sua imprevidência, pois essa cadeia de eventos ainda o ultrapassa completamente. É inútil, do mesmo modo, tentar motivar o seu irmão mais velho de doze anos falando na possibilidade de receber um diploma “cum laude” na faculdade. Nessa idade, tudo isso parece longe demais, enquanto que a partida de futebol com os amigos possui uma atração mais imediata.

Contudo, quando uma criança se torna capaz de cumprir uma tarefa, não ajuda em nada tratá-la como um bebe e não cobrar dela aquilo que pode dar.  Continuar lendo

FIM DA CRUZADA DE ROSÁRIOS DA FSSPX PELAS VOCAÇÕES E PELA LIBERDADE DA MISSA

abbe_davide_pagliarani_fsspx_1_1

Prezados amigos, leitores e benfeitores, louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.

Chegou ao fim mais uma CRUZADA DE ROSÁRIOS DA FSSPX

Essa Cruzada teve início no dia 21 de novembro, festa da Apresentação da Santíssima Virgem no Templo e terminou na Quinta-feira Santa (1 de abril de 2021), no qual celebramos tanto a instituição do Santo Sacrifício da Missa como do sacerdócio, ou seja, aquilo que nos é mais caro.

Dessa vez, com a situação internacional claramente se deteriorando, foram duas as intenções:

– A liberdade incondicional de rezar e de assistir à Missa publicamente;

– As vocações sacerdotais;

Assim, os que ajudaram nessa Cruzada podem nos enviar um email (gespiox@yahoo.com.br) com a Planilha de contagem ou apenas com o total de terços rezados no período.  Faremos a somatória com a Missão de Ribeirão e enviaremos para o Priorado de São Paulo para a contabilização com o restante dos Priorados e Missões no Brasil e no mundo.

Que Nossa Senhora os recompense de alguma forma.

A JORNADA DE UM SACERDOTE – SEMINÁRIO DA FSSPX (DOCUMENTÁRIO)

NOTA DO BLOG 1: Junte-se à FSSPX na Cruzada de Rosários pelas Missas e pelas Vocações (LEIA AQUI)

NOTA DO BLOG 2: Colocamos abaixo alguns links sobre a vocação sacerdotal:

NOTA DO BLOG 3Mais números sobre a FSSPX podem ser vistos clicando aqui.

NOTA DO BLOG 4Perguntas e respostas sobre a FSSPX podem ser vistas clicando aqui.

NOTA DO BLOG 5: Mais posts com fotos, vídeos e reportagens sobre as ordenações na FSSPX podem ser vistas clicando aqui e acessando a tag FSSPX de nosso Blog.

**************************

“Senhor, dai-nos sacerdotes,

Senhor, dai-nos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitos santos sacerdotes,

Senhor, dai-nos muitas santas vocações religiosas,

Senhor, dai-nos famílias católicas, 

São Pio X, rogai por nós”